terça-feira, 7 de outubro de 2014

Amor incondicional...


este que sinto pelos meus netos. 
Incondicional, indefinível, indecifrável, desinteressado, complacente, bonito, amigo, gostoso...
Que me faz amar mais a vida a cada dia que passa.
Netos que os meus olhos  vêem  mais lindos momento após momento!
Um amor que me leva a pedir a Deus que prolongue o meu tempo neste lugar. 
Que me faz querer vê-los crescidos... com o desejo de que se mantenham crianças durante muito tempo (quase ridículo... crescer rápido, mas manter-se criança ...será isto possível?)
Que faz de mim uma avó babada e orgulhosa!
Que me faz escrever - e partilhar - estas quase "lamechices" sem qualquer receio...

O amor - neste caso, o amor que se dá e se recebe dos netos - é inquestionavelmente maravilhoso!...
É assim o amor!! Nos suas mais diversas formas ou... cores!