domingo, 29 de dezembro de 2013

Último Domingo de 2013

Chega ao fim o último Domingo do ano que está quase, quase a " apagar-se". Um dia de sol, mas muito frio, a fazer jus ao Inverno. A chuva "passeou-se" por aqui, mas rapidamente deu o fora. Gosto assim, sem chuva, com sol... de dias radiosos, para poder sair à rua e apreciar a luminosidade e o brilho que essa maravilhosa estrela graciosamente concede a tudo e a todos...  Bem sei que a chuva nos é necessária e... que também tem os seus encantos, mas  os dias solarengos correm-me melhor.  Até consigo esquecer - será magia? - esse tal frio  que também não me é nada simpático... 

Assim sendo, deambulei um pouco pela marginal, junto ao rio, e observei, quase extasiada, as aves (ora gaivotas, ora patos) que em bando sobrevoavam o rio, tornando-o ainda mais deslumbrante. 
E porque Domingo é dia de Missa, lá estive naquela que foi, para mim, a última do ano de 2013. Ali, na Igreja, durante a Eucaristia, encontrei, como sempre acontece, a  paz e a tranquilidade que me ajudam a tornar os dias mais suaves e luminosos.

E assim - cada um de nós à sua maneira - nos vamos despedindo do velho ano e preparando para receber de  braços abertos o  ANO de 2014 que espero e desejo seja um ANO MUITO RADIOSO para todos nós!! 

Igreja de Santiago "vestida" de Natal!