sexta-feira, 27 de junho de 2014

Silêncios que falam


"Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las, elas parecem não servir.
Então, a gente não diz, apenas sente." 
(Freud)