sábado, 5 de julho de 2014

Obrigada!


Encontrámo-nos! Conversámos. Muito. Diz-se extenuada (quase).
O trabalho não se esgota, mas esgota-a. Reconhece, contudo, que estes excessos trazem consigo aspectos positivos. A ocupação e o cansaço físico não lhe deixam tempo para pensamentos turbulentos. Nem angústias e/ou depressões.
Somente pequenos e esporádicos momentos de melancolia - nas breves pausas para o merecido descanso - batem à porta do seu coração. Com teimosia. A que ela, teimosamente, faz ouvidos moucos.
A vida nem sempre é fácil - repete com alguma frequência. Mas temos de prosseguir a nossa caminhada com garra e determinação. E pensar mais em nós. Pensar que, de todas,  somos a pessoa mais importante.
E a conversa foi tomando rumo manhã adentro...

Uma boa reflexão, que me tocou fundo. Afinal somos amigas. E é bom sentirmo-nos em sintonia com os nossos amigos!
Estes singelos encontros fazem-nos crescer enquanto pessoas!

Obrigada , M.