quinta-feira, 3 de julho de 2014

Sorriso terno

O Sebastião esboçou, hoje,  os primeiros sorrisos para a avó babada, que orgulhosamente captou o momento.
Para mais tarde recordar.
E para o contemplar, sempre que lhe apeteça ou a saudade aperte!