domingo, 7 de setembro de 2014


Pode parecer Santorini, na Grécia, mas não é! Estamos em Benagil, pequena  e pitoresca aldeia do barlavento algarvio. Um lugar algo recôndito e belo que se espraia pelo magnífico oceano a perder de vista.
Impunha-se uma visita a este cantinho  que, de certa forma, marcou a minha infância e adolescência.
Recordo, com alguma nostalgia, as férias aqui passadas, em casa da avó materna. Os encontros com os amigos na praia, as conversas, as brincadeiras... a alegria e felicidade sentidas e... o que nos custava a despedida na hora do regresso a casa porque as aulas iam recomeçar.
Passados tantos anos - mais de trinta - Benagil sofreu modificações, cresceu, como não podia deixar de acontecer. Contudo, a aldeia mantém a sua traça original, não obstante as casas modernas que se foram construindo nas imediações... 
Poder-se-á dizer que Benagil mudou um pouco as suas roupagens. Porventura os cheiros e os sabores! Mas as cores - o azul cristalino do mar,  as cromáticas falésias e a areia dourada, o branco e o azul do casario e o verde da exuberante vegetação - essas continuam ali.
Um lugar idílico e romântico capaz de derreter o coração mais duro! Pois... porque para além do que já se disse aqui, é em Benagil que existem  grutas que integram a lista das mais belas da Europa - entre elas está a GRUTA DO AMOR - cujas fotos se encontram AQUI.