sexta-feira, 20 de julho de 2012

E a vida sem amor faz algum sentido?

Não me canso de olhar, embevecida, para esta foto dos meus netos.
Acho uma ternurinha! Dir-me-ão: - nem outra coisa se esperava de uma avó tão babada!!!
OK! Só que este meu gosto pela foto não se prende com o facto dos meus netos serem dois bebés muito, ou pouco, fotogénicos -  que, aos meus olhos, são muitíssimo - mas por poder testemunhar que estes dois irmãos já se amam muito e estão a crescer envoltos no amor, condição essencial para que se desenvolvam harmoniosamente.
E esta constatação faz-me muito feliz como avó!!   Sou uma sentimentalona, eu sei!... Mas amo-os muito, tanto, que são eles, neste meu tempo, um dos grandes pilares da minha vida.


E a vida sem amor faz algum sentido??