segunda-feira, 30 de abril de 2012

Adoro favas!


Vicia faba
                                                          Fava e sua flor (Vicia Faba)

                      Fava: Alimento muito importante na alimentação, desde a Idade da Pedra

Pertenço ao leque de pessoas que gostam muito de favas! Mas tenho a perceção de que as mesmas fazem parte de um grupo de alimentos que se adora, ou se detesta. Não é raro ouvir, quando, em círculos de amigos, se fala desta leguminosa : " favas!?... ADORO" ou "desde criança que ODEIO"!
Ora bem... na minha infância, sem menosprezo pela cozinha algarvia, também não era apreciadora de favas confecionadas à moda do Algarve -  as que melhor conhecia e comia habitualmente - quiçá mais saudável  do que a alentejana. Mas estas favas à alentejana, que só conheci mais tarde, são, na minha perspetiva, DIVINAIS!
Assim... tal  como em anos anteriores,  no  ano que ora decorre, neste mês de Abril, tenho deglutido e saboreado, com bastante frequência, as célebres favas com chouriço, à alentejana! Ou seja... com toucinho frito, chouriço preto e um bom molho de cheiros (coentros, folha de alho e hortelã),  que lhes dá um sabor inexplicável! São UM VERDADEIRO PITÉU, acompanhadas com uma bem temperada salada de alface!
Pior mesmo, as calorias deste prato! Pois, é que o "bom" alentejano não dispensa o toucinho, de preferência de porco do montado, e a sopa de pão caseiro demolhada naquele saborosíssimo molho da fava.
De facto, não são as favas que engordam ou são prejudiciais à saúde, mas antes a gordura  com que são confecionadas.

Senão, vejamos um pouco do muito que os nutricionistas dizem sobre as favas:
  • A fava apresenta um baixo valor calórico, cerca de 61 calorias por 100 gramas.
  • É muito rica em nutrientes essenciais à saúde.
  • É uma excelente fonte de proteínas vegetais de alto valor biológico e de fibras alimentares.
  • O seu alto teor em fibras é fundamental ao bom funcionamento do aparelho digestivo, para além de desempenhar um papel importante na regulação do apetite e da saciedade.
Ora bem... sabendo que as favas têm um papel preponderante na nossa dieta, se não quer engordar ou se preocupa com a sua saúde, pode, especialmente na época da Primavera,  confecioná-las com azeite, que é mais saudável,  reduzir na quantidade de  chouriço e... cortar na sopa de pão! Não ficam tão "gordas" e também são saborosas!
Pelo que aqui descrevo,  dá para perceber que ando preocupada com os meus quilinhos a mais, adquiridos à custa dos suculentos pratos de favas  e de outos manjares característicos deste Alentejo de bons sabores gastronómicos. Por isso, partilho um prato, cuja base é a fava, também muito saboroso, mas... muito menos calórico.

                                                             CREME de FAVAS


                                                              
                                                          

Ingredientes:
  • 300g de batatas
  • 1dl de azeite
  • 2 dentes de alho  
  • 1 cebola
  • 1 molhinho de coentros
  • 500g de favas
  • sal q.b.
  • fatias de presunto a gosto
  • fatias de pão frito                             
Preparação:

Numa panela leve ao lume o azeite com os dentes de alho picados e, quando estiverem quentes, junte-lhes a cebola e os coentros também picados e mexa não deixando alourar.
Junte de seguida as favas, as batatas descascadas e cortadas aos cubos e 1litro de água. Tempere com sal e deixe cozer.
Quando estiver tudo cozido, passe com a varinha mágica, até ficar um creme aveludado e retifique de sal.
Sirva a sopa com pão frito ou torrado e fatias de presunto.

                                                                     BOM APETITE!