quinta-feira, 14 de junho de 2012

Maria Keil


Maria keil nasceu em Silves a 9 de Agosto de 1914 e morreu no passado dia 10 de Junho, na sua casa do Restelo em Lisboa, aos 97 anos de idade.
Artista multifacetada, deixa-nos uma vasta e notável obra -  foi pintora, desenhadora, ilustradora, decoradora, designer gráfica, ceramista, autora de cenários e figurinos para bailados, autora de cartões para tapeçarias, fez publicidade e criou imagens para selos - mas  onde mais se destacou foi no inovador trabalho de azulejaria pelo que, em Maio último, foi distinguida com o prémio SOS Azulejo Obra e Vida.
Foi a autora dos azulejos que forraram as primeiras estações do Metropolitano de Lisboa (rede que teve como responsável o seu marido, o conceituado arquiteto Francisco Keil do Amaral, também já falecido) e, mais recentemente, também autora dos painéis que decoram agora a estação do Metro de S. Sebastião.
Outros painéis de azulejos da autoria de Maria Keil podem ser observados na TAP de Paris e de Nova Iorque, na União Elétrica Portuguesa, no Casino de Vilamoura e no aeroporto de Luanda.

A grande artista conhecida como "Pintora dos Azulejos", mulher de uma enorme sensibilidade, com uma intensa experiência de vida, que adorava viajar para conhecer o Mundo e que o fazia na companhia de seu marido, parte aos 97 anos convicta de que:

"O Mundo é deslumbrante mas não é bonito!"