sábado, 29 de junho de 2013

BRRRRRRR...


Estou à beira de um ataque de nervos! Não suporto pessoas teimosas, orgulhosas, mimadas...
Sinto-me acometida de uma vontade imensa de libertação que outras vontades -  não sei bem em nome de quê ou de quem - me impedem de o fazer.

Vivo uma luta diária. Bem sei que a luta faz parte do dia a dia de cada um de nós, mas... sinto o pesadelo a aumentar. Quase a sucumbir, mesmo!.....

O amanhã, ou o "logo", bem que podiam ser diferentes, para melhor! Mas eu, mulher positiva, começo a desacreditar nas minhas capacidades de dar a volta a certas questões. Sinto o pessimismo a instalar-se!...

Subsiste uma pequena réstia de esperança, à qual me vou agarrar com as forças que ainda me restam. Afinal somos nós os donos da nossa vida - essa enorme dádiva de Deus - e temos o dever de a abraçar e de... lhe sorrir! Para que ela nos sorria também!!
Esse vazio que você sente…
 
"Não me deem fórmulas certas, por que eu não espero
acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir
meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual,
por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei
viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas
com certeza não serei a mesma pra sempre."