sábado, 1 de dezembro de 2012

Estados de alma...

Muitas vezes, quando estou sozinha em casa e com as tarefas mais ou menos em dia, sento-me em frente ao computador para tentar afastar o tédio.
 
E aqui  estou mais uma vez... para dizer/ escrever o quê??... Que a minha vida continua uma luta constante. Há dias - o de hoje é um deles - em que, quase sem dar por isso, continuo a censurar-me  por ser quem sou e por lutar por aquilo que quero. Quem me dera  houvesse uma maneira de fazer o que preciso de fazer, sem desiludir quem amo. Não consigo moldar-me o suficiente para deixar toda a gente feliz. Queria ser egoísta ao ponto de pensar mais em mim, esquecendo um pouco os que me rodeiam, mas não consigo, de todo!!

Restam os meus desabafos, que  não sou mulher de guardar a sete chaves o que me vai na alma! Enfim... dias cinzentos, não obstante os luminosos raios solares com que fomos brindados hoje, logo pela manhã, e que, tendo em conta a limpidez do céu, irão manter-se ao  longo de todo o dia.




Quero acreditar que... o amanhã  será diferente, para melhor!!